lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

segunda-feira, 5 de julho de 2010

INSECTO BEIJANDO A FLOR

:
Foto: Dunas da praia da Vieira de Leiria- Insecto beijando a flor.
:
:
"Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.
:
:
E em duas bocas uma língua...unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos
Sentindo o nosso sangue misturar-se."
:
:
José Régio (1901/1969)
Soneto de Amor

3 comentários:

Luís Coelho disse...

José Régio sempre uma surpreza agradável.
Aqui não canta com as palavras mas com o vibrar do sentimentos.

Paula Barros disse...

Inseto beijando a flor....e lá vem o poema enaltecendo o amor, ali representado pelo inseto e pela flor.

Gostei de ler este poema, gostei da foto, gostei da imaginação que brincou com o poema e com a foto.

abraço

Alis disse...

A voz do poeta quase silên © i o s a
:
… e eu brinco…

Unidos gemidos a misturar-se…
no Olhar…
vai vem de borboletas …
só a c o r subtil de voar…

mas o que tem o !n secto ou o beija flor que faz sempre as fotos únicas?

curioso não achas?

Curioso !ncuravel… beijinhos