lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

sábado, 16 de janeiro de 2010

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA


A "brincar" quis relembrar a velha temática social da violência doméstica que se julgava erradicada, neste mundo dito civilizado, mas que continua a exigir, cada vez mais, drásticas medidas, sociais e juridicas, no campo da prevenção e do combate a este flagelo.

Como homem e como cidadão sinto uma profunda revolta contra a violência de um outro homem contra uma mulher. Esta atitude comportamental só pode ser entendida num quadro de patologia psiquiátrica e a resposta clínica deveria ser compulsiva.

Paulo de Tarso, numa atitude arrojada para o seu tempo, escreveu "maridos amai as vossas esposas...". O mundo actual ficar-lhe-ia eternamente grato, pelo conselho dado aos homens, se a seguir não tivesse-e perdoem-me a linguagem pouco académica-"borrado" a escrita toda ao afirmar "mulheres sede SUBMISSAS aos vossos maridos..." Ninguém tem de ser SUBMISSO a alguém; a submissão era para os escravos e não para pessoas livres. Mas a linguagem de Paulo tem de ser entendida no contexto histórico, politico e religioso da época em que foi escrita. Hoje ele teria feito algumas modificações conceptuais adaptadas ás novas realidades sociológicas.

Mesmo comungando de uma religião, sobre a qual construi a minha realidade espiritual, - se estou certo ou errado o problema é meu - não a concebo como uma realidade estática e também não me sinto proibido de discordar dos que se sentem zeladores da ortodoxia religiosa.

Por ousar discordar da visão tradicionalista da minha Igreja e defender a igualdade funcional, e não apenas TEÓRICA, entre homem e mulher, tenho enfrentado algumas críticas ás quais tenho respondido com a afirmação que não estamos em Teocracia e a Santa Inquisição, para desgosto de alguns, já foi extinta há muitos anos.

Agredir uma mulher não torna o homem mais "macho"nem lhe concede o estatuto de super homem...antes lhe concede o de besta, que assim se chama sem pedir licença a quem quer que seja.

Contudo queria chamar a atenção para dois pontos que considero importantes:

1- Na violência doméstica há situações em que o agressor é a mulher.
2- Se uma mulher me quiser agredir fisicamente , por exemplo com a frigideira na cabeça, não vai ficar á espera que eu lhe diga "ai querida quanto mais me bates mais eu gosto de ti...".


Bom fim de semana apesar desta chuva enfadonha que persiste em cair...


13 comentários:

Silvana Nunes .'. disse...

Olá querido amigo.
Antes de mais nada gostaria de agradecer a visita e seu carinhoso comentário a respeito de meu trabalho. faço com muito amor. Nada disso (rs), doutora é para quem tem doutorado e estou um pouco longe disso no momento.
Espero que volte mais vezes. FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... terá sempre ums história para te contar.
Saudações Florestais !

valvesta disse...

Olá jose, aqui no brasil temos a lei Maria da Penha,esta lei foi muito importante,junto foram criadas delegacias especiais pra mulheres com casos de violencias domesticas,isso reduziu muito as estatisticas de violencias no país.
Tambem na verdade o apostulo Paulo quando disse mulheres sejam sujeitas a vossos maridos,ñ foi na verdade pra ser serva e sim no costume da epoca ser orientadas por seus maridos;Falando na hora certa(durante o culto no templo as mulheres ficavam afastadas e não ouvia bem a pregação,ficavam de lá a gritar perguntando,foram orientada pra quando chegar em casa perguntar a seus maridos sobre o que não ouviram). Esta foi a orientação tambem recebida a mim sobre o testo citado.Claro de epocas pra Epocas faz-se adaptações,tb de cultura pra cultura. Prazer segui-lo um abraço.

valvesta disse...

AMIGO VOLTEI PRA AGRADECER SUA VISITA;E LEMBRA-LO QUE O BRASIL TEM UMA FORÇA DE PAZ NO HAITI,E QUE TAMBEM TIVEMOS AQUI BEM PERTINHO DE MIM UM TERRREMOTO,SOMOS UM POVO SOLIDÁRIO, EXPRESSEI A DOR QUE SENTIMOS POR NOSSOS IRMÃOS PERDIDOS LÁ E CÁ.SOMOS AINDA VISTO E TRATADOS COMO TERCEIRO MUNDO;ME PERGUNTO ONDE ESTÁ O PRIMEIRO?.GOSTO DO FEZ,OBRIGADA. UM XERO BRASILEIRO.

f@ disse...

Olá José,

O mal de não procurarem ajuda…

Nestes casos o silêncio e a esperança de um amanhã diferente é o pior inimigo…

É preciso denunciar o agressor, fugir, pedir ajuda… ter apoio e auto-estima para ser + forte…
Existem programas de apoio á vitima…
O mal é mesmo adiar para amanhã ou esperar melhores dias, porque normalmente tudo tende a piorar…

A Nica é linda…

!
N
F
I
N
I
T
O

beijinho

Estações da Vida disse...

Olá, José. Não se preocupe, meu amigo, pois está tudo maravilhosamente bem. Obrigada pelas palavras de carinho e de amizade. Em relação à violência doméstica, creio que nada, nada a justifica. É tão bom viver em paz, com alegria e amor no coração! E viva a PAZ! E não à violência!

uminuto disse...

a violência é negativa, independentemente de quem a pratica, condenável independenetemente dos fins a atingir
um beijo

Daniel disse...

Assunto polêmico meu amigo.
Vemos isso acontecer em todos os lugares do mundo. E o que é mais difícil para mim é entender porque deixamos certas situações chegarem a um ponto que perdemos o controle.

Difícil até opinar. De qualquer maneira, acho válido deixar aqui que sou contra quelquer tipo de agressão, seja verbal ou física.

Já perdi a cabeça e já agredi verbalmente, mas nunca fisicamente.

abs

f@ disse...

Bom fim de semana...

a chuva continua levemente
beijinho

f@ disse...

Sr José vinha saber se já tem os nos correctos por causa do saco de ração para as minhas gatinhas....
e nesse caso compra tb um salmão á N!ca... coitadinha da N!ca a paciência que ela deve ter...

beijinhos

paula barros disse...

Oi, tem blogs que já chego com uma grande disposição para gostar, e o seu adorei!

Vim pelo blog de Walter, li que você fotografava e era de Leiria (ou está em), e isso me atraiu.

Walter x Leiria (que não conheço, mas gosto de ver as fotos) x outro blogueiro de lá, já me causam essa sensação boa de chegar aqui.

E chegando ri com a foto de sua criança interior. Sua criatividade, a forma de escrever inteligente, leve, interessante, e as fotos me encantaram.

E me pergunto será que um dia conhecerei Leiria? Évora já está na lista. Portugal de muitos lugares bonito.

abraço


Leiria é distante de Évora?

direitinho disse...

Bom dia
Nesta manhã sem sono e com vontade de ler aquilo que vai por esse mundo fora passei e não vou comentar.
Sabes a revolta que essas situações me transmitem.
Violência - NÃO - nem em casa nem na rua e tão pouco no nosso trabalho.
Esses espertos gostam de pisar e pensam que nisso são mais poderosos e importantes.

disse...

Sr. José está + do que na altura de mudar de post...


beijinhos

Valdecy Alves disse...

Leia artigo que escrevi sobre a Lei Maria da Penha. A partir de entrevista da própria Maria da Penha, em 31/01/2010, que defende a existência de uma lei para prender os que ameaçam. ATESTANDO ASSIM A INEFICÁCIA DA LEI QUE LEVA O SEU NOME. Após tanta violência e mortes já em 2010. Vitimando mulheres. MAS A LEI MARIA DA PENHA REALMENTE FRACASSOU? O QUE FAZER? QUAIS E COMO OS ATORES SOCIAIS DEVEM AGIR? Leia, divulgue e comente ARTIGO DO MEU BLOG, clicando em: www.valdecyalves.blogspot.com