lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

O AMOR FOGO


Foto do autor-Num entardecer de inverno...



Não me peças palavras, nem baladas,
Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,
Deixa cair as pálpebras pesadas.
E entre os seios me apertes sem receio.

Na tua boca sob a minha, ao meio,
Nossas línguas se busquem, desvairadas...
E que os meus flancos nus vibrem no enleio
Das tuas pernas ágeis e delgadas.

E em duas bocas uma língua...,-unidos,
Nós trocaremos beijos e gemidos
Sentindo o nosso sangue misturar-se.

Depois...-abre os teus olhos, minha amada!
Enterra-os bem nos meus; não digas nada...
Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce !



SONETO DE AMOR



José Régio (1901-1969)

11 comentários:

fa disse...

Olá José,
Mto belo este poema… boa escolha…
Adoro a parte final…
Deliciosa essa forma de exprimir o amor…

.
.
.
Tá bonito tá o teu novo visual… ofereço-te uma imagem para o final queres?

Sublime a tua foto e o calor que transmite…
!
N
F
I
N
I
T
O

beijinho

Regina Rozenbaum disse...

Oiiii
Cheguei até aqui através do blog da Silvana e confesso que já me impliquei logo à direita com sua apresentação rsrsrs (sou psicanalista)e gostei muito desse poema.Tôdentro sempre do amor!
Beijuuss n.c.
Regina
www.toforatodentro.blogspot.com

direitinho disse...

Olá
O que aqui vai...
Quando ele(o amor) ataca dá mesmo em cheio e nem é de meias palavras.
Vai logo inteiro e então com um poema destes nem é preciso dizer mais nada.
Posso perguntar...?
Onde é que eu já vi este filme...?
Um abraço com votos de que embarques bem e não fiques no cais a ver navios a passar pela tua area descoberta..........

paula barros disse...

Se o fogo tivesse a arder em mim
Sem me consumir
Mas a me inflamar de belos sentimentos
A me deixar em labaredas
Talvez eu não estivesse me sentindo cansada de mim....rsrs

Obrigada pela sua visita, e Leiria ficou tão perto.

abraço

mari (a)penas... disse...

A entrega. Por vezes as palavras atrapalham aquilo que o silêncio diz só por si!

Adorei a escolha!

Os exames vão indo, ainda só sei de um resultado, que é positivo, e ainda falta um exame. Mas já estou muito cansada! Foram muitos já, só num mês...

E por Leiria como vão as coisas?

Beijinhos

valvesta disse...

Olá amigo
Obrigada pela visita.
Serás bem ao brasil, Pantanal e amazonas fica loooonge daqui; Na minha cidade temos um eco turismo ,seria como conhecer um deserto com viu no blog, temos tambem campeonato nacional de velas + esportes radicais entre outros,nossa temperatura é de verão quase todo o ano.( fiz uma propagandaaaa).

Sua poesia quentissima...linda parabéns. um abraço.

uminuto disse...

lindo soneto e gostei imenso do novo visual do blog
um bijo

Daniel disse...

Picante essa poesia.
Gostei e reflete bem alguns momentos que temos. Muito bom.
Parabéns pela postagem e pelo novo formato do blog que ficou muito bom.

Quanto ao seu comentário no meu blog, vou levar seu conselho em consideração para que eu não seja tão pessimista.

Obrigado.
abs

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, José.
Que maravilhoso soneto para começar o dia; Obrigada.
Vim dar uma espiada nas novidades e desejar um bom final de semana.
Beijo grande.

Silvana Nunes .'. disse...

Nossa, que romântico. Completamente diferente de mim, não sou nadinha romântica. Vez por outra eu fico me perguntando como é que vocês, poetas românticos, conseguem escrever coisas assim.
Nem tudo é perfeito...
Boa semana, amigo.

uminuto disse...

um bom fds
beijo