lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

TRILHOS


A nossa vida segue, por vezes, trilhos inesperados. Urge retirar deles as lições que encerram e prosseguir viagem sem saudades do passado nem medo do futuro. O presente é aqui e agora...
As férias terminaram. É tempo de preparar o caminho de regresso á vida académica. Para trás ficam lutas perdidas, ilusões desfeitas...mas também grandes lições aprendidas. Para diante surgem novos caminhos, outras lutas, outros valores, outras esperanças.
Diz Edgar Morin que estamos num universo donde não se pode afastar o imprevisto e o incerto (Edgar Morin, "introdução ao pensamento complexo", 2008, Instituto Piaget).
Sobre a foto:
A "velhinha" linha do Oeste, no troço entre Leiria e Monte Real, fotografada numa das minhas explorações, de mochila ás costas, em plena natureza. É a minha maneira de lidar com o stress...

7 comentários:

Zica Cabral disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MGHORTA disse...

Muito harmonioso este espaço, parabéns amigo, sucesso para ele.

Abraço amigo.

Greenie disse...

Passa pelo meu blog. Tens lá um prémio para ti. :)

dona tela disse...

E faz muito bem. Qualquer dia faço o mesmo.

Miosótis disse...

Olááááá.....
Já estava com saudades de vir aqui!
É sempre muito bom ler as tuas reflexões, especialmente quando as mesmas nos "tocam" cá dentro.
Será que sinto nestas tuas palavras uma nova maneira de olhar o horizonte?
Espero sinceramente que sim Zé. Por ti mais que tudo, porque ainda gostava de te ver a irradiar felicidade; também por mim, porque caso contrário vou ter que te "aturar" rezingão todo o ano lectivo...eheheh.
Estava a brincar, claro!
Mas é sempre muito bom ver feliz quem nos rodeia.
Especialmente a ti!
Bom, quanto à minha ausência do blog, sabes como é...a minha inspiração neste momento é "escrita" ao vivo e a cores, em directo e sem interrupções. Reaprendi o que é verdadeiramente sentir e dar, na pele, numa transfusão de emoções, sem ter necessidade de despejar ânsias num papel ou numa folha de blog.
Mas vou voltar, sem dúvida!
Porque escrever "momentos" sempre foi a minha maneira de dar um pouco de mim a mim própria e a quem me quiser ler, e reviver o que a memória por vezes já trai.
Para além disso, este viver idílico tem que voltar a caír na realidade, porque é esta mesma realidade que nos faz continuar a viver.
As férias estão a acabar...
O meu exame está à porta...
O João vai para Londres dia 20...
As aulas começam dia 21...
E tudo volta a ser como antes, mas agora com um novo brilho no olhar.
Beijo e até um dia destes.

f@ disse...

olá José...
beijinho xigante

direitinho disse...

Bons pensamentos, ordenados e prontos para colher e seguir.
A tua máquina continua a falar por ti.
Treina-a a colher também essas emoções que uma imagem diz.