lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

EMOÇÕES ECOLÓGICAS


O local é lindo...
Pelo meio do vale corre a ribeira do Sirol. A biodiversidade é magnífica...e a paz é total.
É este o meu refúgio...ora pedalando na minha bicicleta...ora trepando, a pé, as suas encostas.
Por aqui passou o Homem de Neanderthal, no período do Paleolítico Superior. Deixou-nos o seu testemunho, com o Menino do Lapedo. Por aqui continua a passsar o Homo sapiens sapiens...
Avaliando a quantidade de lixo que se vê junto do meu velocípede, concluo que por aqui passa também o Homo stupidus stupidus, uma espécie que se julgava em vias de extinção...mas que resiste, como erva daninha, em campo de cultivo...
Até quando?

17 comentários:

luis.r.coelho@hotmail.com disse...

Conheço um pouco esse local magnífico. É um pequeno paraiso verde, assim como muitos em Portugal. Cada canto seu encanto com a sua própria beleza.
Parece que por tudo se culpam os outros que atiram o lixo e que por onde passam deixam marcas de vandalismo.
Há pequenas lições que os mais pequeninos aprendem e que depois conseguem ensinar aos mais velhos. Respeito pelo meio ambiente. Não ao lixo em qualquer sítio.
O ensino de Inglês é importante na Escola básica, mas tambem é muito importante ensinar aos meninos o respeito pela natureza. Não deixar plásticos, papel, vidro ou latas nos locais que visitámos ou onde fizemos um piquenique.
Não colher plantas ou flores nem danificar nada da paisagem natural.
Os mais pequeninos são o futuro e deve ser neles que devemos apostar numa educação com regras.

prafrente disse...

Luis

A escola tem um papel importantissimo na formação das crianças de hoje, que serão os homens de amanhã. MAS isso não ISENTA os pais de serem os PRINCIPAIS responsáveis pela educação dos seus filhos.
E as pessoas que eu já vi conspurcar o meio ambiente, não eram crianças...eram ADULTOS.

Shanti disse...

Yo como profesora de Biología y Química siempre he estado preocupada y ocupada por el medio ambiente y a mis alumnos adolescentes los enseñé a amar a este planeta. Lamentablemente hace falta mucha campaña y no solo en las escuelas sino en el hogar y con ejemplos. De nada les vale a los padres enseñar a cuidar el ecosistema si ellos mismos no lo respetan y cuidan. Se enseña es con el ejemplo.

PD: Yo no se manejar bicicleta =(
pero al menos caminar por ese hermoso lugar debe llenar de paz.

Te dejo besos Prafrente =)

mdsol disse...

Falar assim de lugares também exige qualidades importante: entrega, atenção, contemplação... Bons passeios e obviamente abaixo a falta de civismo de quem deita lixo assim fora, desas maneira

[permite-me um reparo: mas que gracinha o menino aí em cima do lado direito...liiiiiindoooooo]

:)

f@ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
f@ disse...

Voltinha na bicicleta... e eu nem sei se ainda sei andar...a pé tb é agradável e não se esfola a bicicleta...
Como dizes deve ser mto bonito... pena que o Homo stupidus tende a ficar cada vez pior... e os que deviam ser exemplo são os primeiros a sujar..deturpar, trocar,... sei lá... agora em vez de deixarem crescer as ervas ou semear relva ou gramão ou flores andam a fazer canteiros de cimento e cascalho e outro material quaisquer ... imagina como deve sentir-se só e triste uma árvore assim enclausurada nesse produto que tem 2 buracos para 1 para beber e 1 para respirar...
beijinhos das nuvens

Císa disse...

"...Homo stupidus stupidus..."

Tenho que confessar que essa frase me tirou uma risada instantânea...

Façamos a nossa parte na manutenção da natureza, da limpeza, da preservação e do carinho com o nosso ambiente, que tanto nos enche de vida! Como a possibilidade bela de andar de bicicleta entre ar, entre arvores e entre verdes...

Parabens por respirar a vida!


Um beijinho carinhoso!


Císa ;)

prafrente disse...

Shanti
Como vai a Venezuela?

Olha, de quimica apenas conheço aquilo que, quando eu era estudante, se chamava a fórmula dos "cábulas" H2SO4, e a lei de Lavoisier....Vocês aí conhecem melhor a quimica do petróleo.Eu prefiro a quimica do amor (lol).

Beijos

mdsol

É uma gracinha o menino? O puto até cresceu com o elogio...só que agora já tem menos revestimento capilar e apresenta sinais evidentes de um aumento do IMC...apesar de todo o meu empenho em pedalar na bicicleta.

Obrigado

f@
Também não gosto de árvores "enclausuradas"...
Quanto ao andares de bicicleta, dizem por aqui que é uma coisa que nunca se esquece...sobes para o velocípede, mesmo ao cimo da ladeira do Lapedo; soltas os travões e, com um pouco de sorte,vais cair na ribeira do Sirol.
Não tenhas medo! O Hospital de Santo André fica a 5 km de distância...

Beijinhos prás nuvens

prafrente disse...

cisa

ainda bem que você riu...que seria do mundo sem a beleza do sorriso, a ternura do beijo e a força do abraço...

Como vai o Brasil?

Beijos de Portugal

JC disse...

Essas ervas daninhas do lixo nunca vão deixar de existir. São uma raça muito resistente, que mesmo com ervicidas não se conseguem extinguir.

Shanti disse...

Prafrente:

De Venezuela te diré que acá estamos haciendo milagros para soportar al loco chávez. Pero prefiero no dañar tu blog con ese tema.

Sobre la química del amor, creo que a todos nos gusta. Se puede entender y vivir esa química sin saber tan siquiera como es la formula del agua.

Muchos besos y abrazos =)

prafrente disse...

JC

infelizmente essa praga do lixo está longe de ser debelada. O que me preocupa é que a nossa consciência ecológica está intimamente ligada a todas as outras consciências tipicamente portuguesas.
Como bem disseram José Gil e Eduardo Prado Coelho, somos o país da CHICO-ESPERTICE...e assim nunca mais sairemos da cauda da Europa...qualquer que seja o governo que estiver á frente dos destinos deste paraíso á beira mar plantado.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Oi, amigo:
Postei sobre o filme "Caráter" e como sei que você tem bom caráter, apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

WOLKENGEDANKEN disse...

Aqui na Austria temos muitos exemplares do Homo Ecologicus Bellicus. Alguem que é apanhado a deitar lixo na natureza é quase linchado. Ou tambem existe a variante que outras pessoas vao detras do "criminoso", dizem "voce esqueciou-se de alguma coisa" e lhe deitam o seu lixo encima. Enfim, nao sei se isso é a melhor maneira ..... Mas de facto em comparacao com outros sitios temos pouco lixo deitado na natureza.

E adoro o teu "menino interior". Tem um aspeito muito serio, ha que fazer rir um pouco :))

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Estou dando uma festa em comemoração às minhas melhoras.
Conto com a sua presença.
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata
Há fogos de artifício, queijos da Provença, sucos e bolo, você vai gostar da minha festa virtual.

1/4 de Fada disse...

Adorei o seu post, fala com muito humor de coisas bem importantes. Nós, nas escolas, vamos fazendo os possíveis e os impossíveis para ir mudando as consciências, e tenho a certeza que alguma coisa vai ficando, mas é preciso muito mais do que o nosso esforço...

alezandri disse...

Conheço todos os cantos dessa zona com a palma da minha mão, faz parte da minha exploração de infância.

Afinal é a minha terra natal :)

E garanto que a imagem que guardo de há 25 anos atrás, infelizmente, é muito mais bonita do que qualquer fotografia que agora possa tirar.

Ainda recordo os peixes a pular fora de água.