lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

segunda-feira, 15 de junho de 2009

PARTILHAR



"Na simplicidade aprendemos que

reconhecer um erro não nos diminui,

antes nos engrandece, e que as pessoas não

existem para nos admirar, mas para

partilhar connosco a beleza da existência..."


Roberto Shinyashiki


Acrescento eu:

Mesmo quando lá fora o calor quase derrete as pedras da calçada, dentro do nosso coração pode fazer um frio de rachar...

A vida é feita de encontros e desencontros....o que é preciso é não perder a esperança...

14 comentários:

Miosótis disse...

As conquistas não dispõem do poder de fazer as criaturas felizes. Podem diminuir-lhes a aflição, atender a algumas necessidades, minorar amarguras, gerar bem-estar e conforto...
Tudo momentâneo!
Esperando-se conseguir o beneplácito da felicidade, mediante as dádivas da cornucópia da entrega, por exemplo, perdem-se muitos instantes felizes que dificilmente retornarão.
Essa felicidade dourada, sem preocupações, ociosa, não existe; é miragem que se dilui ante a realidade.
Podes conseguir o estado mental de felicidade permanente, crendo que ela é propiciada pelo amor a Deus, que a deposita no escrínio dos teus sentimentos, a fim de que aí a desdobres, brindando às demais pessoas.
Assim, não obstante as mudanças e circunstâncias em que te encontres, alterando o ritmo dos assuntos e acontecimentos externos, ela permanecerá contigo, porque está em ti.
O vendaval das paixões não a expulsa;
a frialdade do abandono não a empalidece;
a chuva das acusações não a conspurca;
o granizo da ofensa não a fere;
o ouro das ambições não a entorpece;
o fogo das lutas cruzadas não a atinge.
Ela permanece serena, e qual chama abençoada, com a sua luz aponta o caminho seguro a seguir, acalmando as ansiedades do coração.
Perdoa-me, se porventura perante ti pequei...quis tanto acreditar que seria capaz!!!
Deixo um beijo

Sthefanie disse...

Encontros e desencontros esses que podem fazer um coração quebrar em milhares de pedaços.
E ninguém sabe se juntaram novamente, mais eles somente esperam que o tempo os coloque juntos e que seu dono resolva seguir em frente e dizer 'A Vida continua'!Voltando a ter esperança.
Parabéns, tanto ao autor do poema e quanto a você que vez um ótimo comentário e assim acrescentando muito a esse lindo texto.

Miosótis disse...

Obrigada pela visita e pelos comentários que deixaste.
Por aqui, lamentavelmente não há novidades e penso que o meu anterior comentário já disse tudo.
Um beijo para ti.
Pazes?!
Bom fim de semana

Efigênia Coutinho disse...

"PARTILHAR"

Partilhar, é uma virtude da sabedoria, quanto mais partilhamos, mais recebemos
da própria vida!

BOM DOMINGO

Efigênia coutinho

direitinho disse...

Reconhecer os erros é um valor quase em extinção.
Hoje ninguem desculpa ninguem e muitas vezes até se sentem felizes com os proprios erros.
...eu nunca me engano e raramente tenho dúvidas.... disse alguem que pretende ser modelo nacional.
Pelo contrário direi que muitas vezes me enganei, muitas rectifiquei os enganos e algumas vezes pedi desculpa.
A partilha nunca deverá ser dos erros mas das coisas maravilhosas como a amizade, o respeito, a cordialidade e a intreajuda.
Às vezes dizes umas coisas acordado, outras ficas caladito como se os estudos te absorvessem na totalidade.

Efigênia Coutinho disse...

Com o coração aquecido por estar aqui e poder desejar a você uma semana maravilhosa,
Efigênia Coutinho

JC disse...

Concordo inteiramente. Reconhecer que errámos apenas engrandece o osso ego o nosso espírito.
Mas há muita gente que nunca erra, pelo menos diz. Esses não são humildes. Apenas olhm para o sem umbigo. Eles são o centro do mundo. Ou pelo menos julgam-se.

Zica Cabral disse...

é reconhecendo que erramos que aprendemos a não errar outra vez. os que nao têm humildade suficiente para reconhecer os proprios erros não crescem. Permanecem num casulo, isolados em si proprios, narcisicamente sós.
Tu não és assim, por isso tens crescido, tens avançado na procura de ti proprio, no teus crescimento interior.
Tb ensinas os outros com o teu exemplo de tenacidade, altruismo e amor.
Beijinhos e tudo de bom para ti
Zica

Zica Cabral disse...

"....dentro do nosso coração pode fazer um frio de rachar...

A vida é feita de encontros e desencontros....o que é preciso é não perder a esperança..."


Esqueci-me de comentar as tuas palavras............

Frio de rachar dentro do teu coração?????
Não acredito............
Encontros e desencontros fazem pare da vida e deles temos que tirar o melhor.........
Aquece o teu coração com o que ficou de bom desses encontros e esquece os desencontros.
E fica com a certeza de que tens muita gente que te ama e que quer sempre o melhor para ti.
bjs

Deusa Odoyá disse...

Olá meu novo amigo.
A vida é um círculo aonde vamos partilhar nossas emoções.
Sendo no amor, nas loucuras, nos prazeres.
Atender a necessidade de nossa alma.
Lindo, um belo texto.
Parabéns...
E partilhe sempre com alguem que ame, seus momentos bons e ruins.
Aguardo sua visita ao meu cantinho.

Uma smana de muita paz, amor e luz.
beijinhos doces, meu amigo.
Regina Coeli.

Efigênia Coutinho disse...

"PARTILHAR"

Venho "PARTILHAR", o evento de :

O MELHOR BOLO DE CHOCOLATE DO MUNDO...

Efigênia Coutinho

Luana disse...

Como eu também sou "curiosa por conta própria", acabei parando aqui, e que bom! Gostei do seu blog... passarei mais vezes!
Até mais!

Paula Raposo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paula Raposo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.