lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

sábado, 2 de maio de 2009



Retirada de uma costela de Adão, segundo a simbologia cristã, ou fruto da biologia evolucionista, de acordo com Charles Darwin, a mulher é como esta orquidea que começando por ser um simples organismo no caldo cósmico do princípio do universo evoluiu geneticamente até se transformar numa bela flor.


Sendo mulher engloba também os papéis de profissional, companheira e MÃE.



Para a minha mãe e para todas as mães do mundo um beijo do tamanho do universo.
PS. Embora publicado neste dia de Sábado, este post refere-se ao dia da Mãe que se comemora amanhã.

12 comentários:

Zica Cabral disse...

pela parte que me toca, muito obrigado. A flor é linda e a dedicatoria a todas as Maes tb. E a tua Mãe tem sorte em ter um filho tão querido que a ajuda e acompanha.
bjs
Zica

Estações da Vida disse...

Meu amigo, obrigada pela homenagem. Minha mãinha encontra-se do outro lado da vida, partiu para o mundo maior há 13 anos. Quanta falta me faz! Mas minha mãe enfeitou os meus caminhos de luz e de alegria e me deixou, como legado, a melhor parte de si: o seu amor de mãe, a guerreira...
Feliz Dia das Mães para todas as mães do mundo!!!! Beijinhos.

JC disse...

As mães são os mais belos Seres que existem no mundo.
Um abraço

f@ disse...

Olá José...
cheguei atrasada ... mas como o dia da mãe é todos os dias...acho que não faz a menor diferença... + quando tem flores tão belas como as do teu ramo...

imenso beijinho

Efigênia Coutinho disse...

Linda sua mensagem dedicado ao dia das mães, foi gratificante ao amanhecer, ler você, obrigada, com admiração,
Efigênia Coutinho

direitinho disse...

Felismente que temos uma Mãe.
São flores que estarão sempre no nosso jardim da alma.
Felismente que há Mães, mulheres guerreiras que reunem a família e a prolongam no tempo e no Amor.

Shanti disse...

Mi amigo querido estoy de regreso al mundo de los blog!!!!!!
Gracias por los amapuches que dejan siempre en mi correo, gracias por las flores tan hermosas y gracias por ser tan consecuente.

Te abrazo y te envío tonelada de besos y amapuches desde Caracas-Venezuela

Besos a tu mamá (mañana acá se celebra el día de las madres)

dona tela disse...

Muito bonito. O senhor até me comoveu.

Miosótis disse...

Olá Zé!
Que é feito das tuas visitas ao meu espaço?!
Desapareceste....
Não gostas de me visitar?
Eu sei que o tempo é curto nesta altura do "campeonato", mas... há sempre uma palavrinha amiga para deixar a quem transportamos no peito.
E já lá vai mais de um mês que não me dás o gostinho de ler um daqueles teus comentários irreverentes.
Fico à espera!
Beijos

vero disse...

A autora, Verónica Mendes, a Junta de Freguesia de Marrazes e a Edium Editores, têm o prazer de convidar V.Exª. a estar presente na sessão de lançamento do romance "Não Morras Sem Mim", a ter lugar no Salão Social da Freguesia, no próximo dia 6 Junho, sábado, pelas 21.30 horas.

Miosótis disse...

Olá!
Deste vez fui eu quem deixou o barco para trás...
Deixaste-me um comentário a 28 de Maio e só hoje eu o vi: eu devia ter vergonha quando ouso refilar contigo!
Mas, como diz o velho ditado "Mais vale tarde que nunca!"
Mas isto por aqui já carece de umas actualizações...
Já cansei de ver o mesmo ramo de orquídeas, dedicado às mães do mundo!
Ou os teus dedos andam preguiçosos para escrever, ou o teu coração anda ocupado com outras flores...
Beijos Zé...e força nesta fase difícil da vida académica.

Paula Raposo disse...

Acho que sim. Que as Mães tudo merecem...