lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

terça-feira, 2 de setembro de 2008

EMOÇÕES Á BEIRA MAR


CAMARINHEIRA é um pequeno arbusto que se desenvolve em terras arenosas da orla costeira e produz uma pequena baga branca comestível.
Na praia do Pedrogão vivem do outro lado das dunas de areia fina. Mesmo quando o sol aperta e a areia escalda elas conservam a sua força de VIVER e oferecem a generosidade dos seus frutos, sem RECLAMAREM da dureza do seu habitat natural.
"Dá para pensar se não teremos uma predilecção biológica especial pelo negativismo" ( dr Larry Dossey).
Mas, como afirmou Frederick Douglass, líder negro americano, do séc.XIX "se não houver luta, não há progresso. Pode ser uma luta MORAL, pode ser uma luta FÍSICA, ou ambas-mas tem de ser uma LUTA".
Quando os escolhos do caminho parecem querer impedir-me de avançar...penso na CAMARINHEIRA...e na FORÇA com que ela se agarra á VIDA.
Este post é uma homenagem a todos(as) que tenho encontrado no mundo virtual da blogosfera e que travam as suas lutas pessoais...tantas e tantas vezes bem mais duras que a minha. Para que tenham a força do arbusto das bagas brancas...que cresce na areia escaldante das dunas...ali bem perto do local onde a terra acaba e o mar começa...

17 comentários:

luis coelho disse...

O amigo hoje também foi à praia ?
Eu fui mas não vi as camarinhas.
Pensei para comigo se calhar já passou a época desta fruta.
Amanhã voltarei outra vez e quando passar pela mata vou parar , procurar e se houver hei-de comer até me doerem os dentes.
Agradeço essa tua meditação - comparação.
Todos temos altos e baixos e nunca ningém pense que está bem ou melhor que o outro.
O homem faz-se nas dificuldades e nas lutas diárias. Se não quizer partir para a luta é normal que fique cada dia em pior situação.
Como disseste cada um tem as suas dificuldades pelo caminho.
Companheiro de jornada estás a precisar de um empurrão ou de combustivel?
Sabes que podes sempre contar com a nossa ajuda ou companhia.

Nossa praia POLVOEIRA

mdsol disse...

meu caro:

Que lindo e sentida homenagem. Obrigada (acho que também tenho aqui um bocadinho(.
E quanto ao ter-se rido...a ideia era também essa. Ainda bem que o sentido de humor não perdeu o seu espaço. Msa, comovente mesmo é o que me diz daretoma da sua condição de aluno. Fico comovida e contente esó posse berar-çhe daqui: PAAARAAABÉÉÉNS E MUIIIITA FORÇA! (Ah e alguma paciência para o ambiente que vai encntrar. Embora eu não saiba onde vai recomeçar, o mundo académico e escolar mudou muito. Umas coisa francamente melhores, mas outras...nem tanto. Força aí)
:))

Anónimo disse...

Zézito aqui deixo o que me inspirou este post............muito do que me tens dito:


PERDOA

Segue o rio que corre à tua frente
Não evites as pedras e o cascalho
Que querem emperrar o teu percurso
Recolhe umas
Contorna outras
Vai em frente.
Aspira o cheiro do mato
Da terra molhada
E canta...........

Perdoa-me......
Esqueci-me de cantar!!!!!!

obrigado pela força que me dás

Anónimo disse...

Uma coisa mais

estou sempre a dizer-te que tens razão.............e tens.

Há que ir à luta sob pena de, se cruzarmos os braços e nos deixarmos vencer , perdermos o que de melhor a vida nos dá. O Amor.

Obrigado meu Zé

Shanti disse...

Gracias por compartir esta historia conmigo, la desconocia.

Gracias por ofrecerme tu amistad.
te dejo un beso y muchos abrazos =)

vero disse...

Olá meu amigo

passei para te deixar um beijo...

Quanto á minha saude, estou a recuperar devagarinho


Beijinhos :)

Císa disse...

Olá querido amigo,

Como vai?

Nossa, esse seu texto veio á calhar!

Meu pai sempre me diz: "...a natureza é sábia! Observe-a e a copie!..."


Vou escrever em minha agenda, várias vezes, a palavra: CAMARINHEIRA, para lembrar que o mesmo Deus que a criou, me criou também! E ter a certeza que, como ela, eu tenho muita FORÇA em me agarrar a VIDA!!!!!


Um beijo carinhoso á vc!


Fique com Deus, amigo!


Tenha uma linda semana!

;)

1/4 de Fada disse...

A maior ironia, mas também uma outra lição da camarinheira é que com as suas bagas se faz uma compota óptima. Dá que pensar...

Estela disse...

Obrigada !!!
Tudo de bom para você também !

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Gostei da CAMARINHEIRA, nunca tinha ouvido falar.
Pra frente, vc pode ir tranqüilamente ao meu Blog para apreciar o meu novo post, porque só há a crítica de um filme e alguns poemas, devido à joça desse computador. Conto com você.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

JC disse...

Hás vezes é preciso termos força como a camarinheira. As vicissitudes da vida, as pedras enormes que se atravessam no nosso caminho e os problemas de todos os dias fazem com que nós tenhamos que ter a força dessa planta. Nada nos pode destruir. Tems que vencer. Com passos certos mas temos que vencer tudo com que nos deparamos, só assim conseguiremos vencer

dona tela disse...

Foi hoje a minha rentrée!

Beijinhos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já comentei este teu post. Como todos me deram força para não sair, por enquanto ficarei. Fiz novo post, um pouco mais longo ainda do que os outros, porque no fim enchi de flores, que cada qual pegue a sua.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Amigo:
Veja como estou sendo achincalhada pela Vanuza em seu Blog, injustamente, por coisas que não faço. Essa mulher é completamente louca. Nunca fiz coluio com a Jady porque a própria Vanuza sempre me disse que ela não era coisa boa. Tive hemorragia ontem fui para o hospital e hj volto e me deparo com isso. Por favor, dê-me forças.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Por motivos horríveis que não pude contornar, fui obrigada a fazer um post cala-boca. Pegue suas flores, não é preciso ler tudo.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

dona tela disse...

Amoroso, amoroso é o post que acabei de fazer.

Muitos cumprimentos.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

São 5 horas da manhã. Agora que as coisas se acalmaram, consegui fazer um post mais equilibrado, sem tantas flores, só as do João. É sobre um filme que todo mundo já viu e todo mundo sempre quer ver de novo. Apareça:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
Um abraço,
Renata