lua cheia

lua cheia
Adormecendo nos braços do Oceano

sexta-feira, 6 de março de 2009

AGITAÇÃO E SERENIDADE



Um 2º semestre académico bastante agitado não me tem permitido navegar nas ondas da virtualidade; ainda por cima a minha net parece parece uma tartaruga aposentada; cada vez que faço "enter"tenho tempo para ler duas ou três páginas de antropologia social...e se algumas qualidades tenho a paciência anda com saldo negativo...é o stress. A minha professora de Psicologia do Desenvolvimento diz que graças a ele, ao stress, ainda tem emprego...

É no quintal da minha mãe que eu sereno a minha agitação interior. Ás vezes sento-me sobre a terra húmida, no meio das flores... partilho com elas as minhas frustrações e também os meus sonhos. Reconheço na natureza a dimensão psíquica, de que fala G.Bateson, da qual a mente humana é também uma parte. Faz bem "por dentro"...e fica mais em conta de que ir ao psicólogo...

14 comentários:

Fa menor disse...

Bonito jardim florido!
Decididamente, paciência também não é o meu forte.

Goste daqui... menos da caldeirada de caracóis :)

JC disse...

Quando andamos stressados nada melhor que dar uma volta pelo campo, ou à beira mar, olamos na imensidão e ficamos mais leves.
Um abraço

f@ disse...

Podes crer... que esse jardim os afectos de mãe e o contacto com o solo são a melhor coisa que temos...
nem é sonho... é a realidade de ter o abraço o perfume e as nossas raízes...

beijinhos

direitinho disse...

Bom dia
Hoje apenas te posso confirmar os teus pensamentos - contacto com o elemento terra plantas ou animais nos ajuda muito a encontrar a calma, o sonho e a vontade de ir mais além.
Não precisas de estar aqui na aldeia, podes parar em qualquer campo ou mata deste país.
A Primavera começa a acordar nestes campos e as margaças aparecem assim floridas.
Bom fim de semana.

Zica Cabral disse...

Agora, nem a natureza consegue por alguma Paz no meu interior. Apenas sinto um vazio tremendo,tão grande que me tira a vontade de apreciar seja o que fôr. Nem a música me consegue preencher como dantes. Aqui a Primavera ainda está atrasada embora os narcisos ja comecem a estar em flôr e a colorir de amarelo vivo, a paisagem. Mas, dentro de mim está um Inverno rigoroso, despojado de flores, de folhas, de cores.
Quando se perde algo tão caro e precioso, o luto é um processo muito demorado. Nem sequer sei se tenho forças para o fazer.
Não stresses.....não vale a pena, a vida e as coisas boas são demasiado curtas para gastarmos as nossas energias no que não podemos remediar.
Olha para o céu, conta até 10, sorri e concretiza os teus sonhos.
Até sempre e sê muito feliz. É tudo o que te desejo.
Um beijo imenso
Zica

Aura Sacra Fames disse...

Concordo que um novo paradigma deve ser encontrado, assim como com a conscientização das pessoas, pois sem isso não haverá mudança.

O estresse é algo relamente nocivo, apesar de alguns afirmarem que é um mecanismo de defesa, afinal ele é reflexo do nosso modo de vida.


Abraços
Vinícius
aurasacrafames.blogspot.com

Maresia disse...

É uma boa terapia!!! Boa semana!!!

Sthefanie disse...

Minha família tem uma fazenda e pra min é um lugar muito especial...
Quando eu vou pra lá nos fins de semana largo uma vida agitada na cidade e entro em contato com a natureza.
Quando volto na segunda me sinto totalmente revitalizada!
O strees é um problema grave que a maioria dos seres humanos enfrenta hoje em dia ...como você eu dou graças por ter um lugar especial onde descansar.
e sem pagar nada ...rsrsrs!

Sthefanie disse...

O amor apesar de as vezes nos causar dor é o sentimento que mais nos fais creser por isso é tão impotante ...
Obrigada por tudo !
Um beijinho do Brasil !

f@ disse...

Olá e feliz dia dos poetas discretos...

Curioso como és e por tua conta pões-te a olhar a corrente de ar nocturna... vê só no que dá...
tchi.... tchim... e o declamar poético sereno.... como sempre aqui
por conta própria
beijinhos

Anónimo disse...

Olá, menino. Aqui trovejando e relampejando demais. Vou desligar o PC. Bjs.

Sylvia Narriman Barroso

Estações da Vida disse...

Olá, José. Aqui em Tianguá está chovendo muito, muito frio, trovejando e relampejando bastante. Na verdade, estamos sempre de partida, nem sempre prontos para a partida, mas...Também gosto desse contato com a natureza, com o jardim e com os pássaros que gostam de passear e fazer seus ninhos na minha casa. A cromoterapia diz que o verde é a cor da natureza, traz força equilibrada, progresso mental e corporal. Acalma o sistema nervoso e os sentidos. Também significa esperança e satisfação.Então, menino, o jardim/quintal é um lugar magnífico para descarregar as tensões. Beijinhos.

Sylvia Narriman Barroso
www´.passagensemarcas.blogspot.com
www.sylvianarriman.blogspot.com

butterfly disse...

Realmente acho que todos deviamos fazer isso...repousar nem que fosse por uns minutos num sitio onde tudo fizesse para nos acalmar...a si é o jardim a mim o mar...

mdsol disse...

Força aí para o segundo semestre!
:)))